Escritos do Cláudio
Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos

CALMARIA

 

Nada te conto sobre a noite

E seu bailar em meus lençóis

Perfume inebriante no toque

E nos mergulhos em mim.

 

Nada te falo sobre a canção

Acariciando meus ouvidos

Sintonia de êxtase e frenesi

Ápice da vida na sua rota.

 

Dou-te o silêncio como síntese

Do que vivi nas últimas horas

Em que eu abracei o universo

Contido dentro de uma fêmea.

 

Não há palavras para explicar

Os signos que ficaram comigo

Guardados para a eternidade

Prendendo-me a um momento.

 

Tente entender que era preciso

Para este meu coração sedento

Satisfazer-se de alguma magia

Antes que me falte uma aurora.

 

Eu te dou apenas um fragmento

Da epopeia em que me envolvi

A calmaria de um agitado prazer

Não se sente em oceanos usuais.

Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 19/01/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$ 35,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$ 10,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links