Escritos do Cláudio

Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.

Textos

FICAR MUDO

 

Não querer que nada se perca

Não querer que a vida passe

Não querer ir além da cerca

Não querer que a carne asse.

 

Querer ficar sempre em casa

Querer ficar quieto no canto

Querer o fogo e não a brasa

Querer pecar e seguir santo.

 

Não pagar nada que não deve

Não falar só pelos cotovelos

Não falar nada sobre a greve

Não falar dos nossos atropelos.

 

Falar apenas do que é belo

Falar apenas o que convém

Falar da beleza do castelo

Falar da catedral também.

 

Querer e falar, falar e querer

Até um dia se cansar de tudo

Até o mundo te convencer

A se aquietar e ficar mudo.

Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 04/01/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Tweet
O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$ 35,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$ 10,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00