Escritos do Cláudio
Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos

PELA ÚLTIMA VEZ

 

Vencer a crueldade de uma alta montanha

Para ver distante o encanto de um vale

Ao longe enxergar sua pequena casa branca

Onde contigo vivi os momentos mais lindos.

 

Preciso encarar esse maciço de duras rochas

Para avistar algo que encante os meus olhos

Eu já não fantasio nenhum paraíso para mim

Porque sem você praticamente eu não existo.

 

Vencer um bloco de gelo dentro do coração

Que já pulsa devagar sem motivos para tal

Dentro de mim eu vejo uma planície glacial

Soterrando o esplendor de uma vida de erros.

 

Só quero localizar onde geograficamente fica

A pequena casa da minha felicidade efêmera

Sei que sentimentalmente ela está assentada

Em cada metro quadrado da minha memória.

 

Escalar uma montanha para realizar o desejo

Que minha mente me expressa diariamente

Da solidez da pedra para a maciez dos lábios

Que explorei em noites de aventuras insanas.

 

Preciso apenas avistar pela última vez na vida

Traços da pequena estrada que tanto percorri

Em busca do prazer para aplacar amarguras

Que me adoeciam quando a pele que eu tocava

                           

                                               ... não era a sua.

Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 09/10/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$ 35,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$ 10,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links