Escritos do Cláudio

Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.

Textos


REFLEXOS
 
Caminhos riscados na ponta de um casco esfolado
Sobre a poeira que ficou como testemunha
O mundo em seu caos derradeiro adormece
Mordido pelos nossos dentes autofágicos.
 
Certos que seremos ignorados por qualquer história
O vento não varre nossa angústia que tritura o coração
Teus olhos vermelhos não conseguem enxergar saídas
O mundo, apesar de vasto, é um labirinto sufocante.
 
Cuidado com as armadilhas pela trilha coerente
As miragens se confundem com as esperanças
Eu viajo sozinho pelo vale da incerteza
Qualquer vida nesta terra é um ponto de interrogação.
 
Caminhos que nos levam apenas a mais uma fuga
Desse desespero que assola o cotidiano inesperado
O mundo suspira em busca da última dose de oxigênio
Ferido pelas nossas guerras fraticidas só por comércio.

Certos que seremos engolidos pela hipocrisia que vicejou
Sobre nossos escarros de alienação à palavra que induziu
Teu hálito fétido busca o beijo que trará migalhas de prazer
Ao corpo que serpenteia entre as possibilidades escassas.
 
Cuidado com o que vai dizer quando tua boca abrir
Pela última vez sobre a terra que se abre diante de ti
São reflexos das crateras que há em teu coração
[embrutecido
Por você não ter dado atenção àquela flor que te pediu
[socorro.
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 20/04/2021
Alterado em 20/04/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Tweet
DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$30,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$20,00