Escritos do Cláudio
Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
TURBILHÃO SEM FIM
 
Um poema não nasce como uma brisa leve
Mas como um forte furacão dentro de mim
Enquanto a minha mente louca que escreve
Vai se perdendo neste do turbilhão sem fim
 
Virando seda javanesa o que nem era cetim
Cada verso surgindo de um sopro tão breve
Um poema não nasce como uma brisa leve
Mas como um forte furacão dentro de mim
 
É como o calor forte derretendo toda neve
A nuvem branca que surge no céu carmim
Poesia é vida e sanidade de quem se atreve
Ir para um deserto cultivar um belo jardim
Um poema não nasce como uma brisa leve



-INTERAÇÃO-

INSPIRAÇÃO TEMPESTIVA


Tal tempestade, trazendo mil ideias,
A inspiração me toma constantemente.
Pareço Ulisses navegando a Odisseia,
Tendo com a amada, delírios ardentes...

O tema se coloca trazendo cefaleias,
Numa intensidade que pareço doente.
Tal tempestade, trazendo mil ideias,
A inspiração me toma constantemente.

Se penso na Natureza vejo na bateia,
O ouro da diversidade que me encanta,
Não importa se no Japão ou na coreia.
O que conta é a poesia nascer potente,
Tal tempestade, trazendo mil ideias...
(Jacó Filho)


 
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 28/03/2021
Alterado em 29/03/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$ 35,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$ 10,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links