Escritos do Cláudio

Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.

Textos


TRISTEZA E ESPERANÇA
 
Tristeza
A tarde vai levando meu ânimo
Tudo vai ficando inerte feito rocha
E o fogo vai minguando na tocha
 
Esperança
Uma alma para o músculo enrijecido
As pedras são pedras que ferem fundo
Não consigo me caber dentro do soluço
 
Tristeza
As trevas insistem morar em mim
No meu coração uma luta sem fim
Tento não me anoitecer para sempre
 
Esperança
O sol ainda persiste sobre a colina
Os seus raios atravessam a cortina
E iluminam a leveza no meu peito
 
Os tentáculos do sol são refúgios
Nos quais me agarro e me amarro
Bebi gotas de ilusão e me empolguei
Quero sair do fosso em que me joguei

 
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 21/02/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Tweet
DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$21,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$25,00