Escritos do Cláudio

Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.

Textos


POEMA NO MERCADO

Vende-se um poema
A qualquer preço
Em qualquer esquina
Vende-se um poema
 
Vendo um poema
Anuncie pelas ruas
O meu poema está à venda
Quem dá mais?
Não se paga um poema
Com sorrisos escovados
Ele não tem nada para fazer
Em uma boca de comercial de TV
 
Não se paga meu poema
Com discurso erudito
Meu poema é popular
Meu poema é do povo
Só compra meu poema
Quem anuncia algo novo
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 08/01/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Tweet
DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$21,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$25,00