Escritos do Cláudio

Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.

Textos


A CURA
 
Aquele olhar que só eu destravo
Com o meu sorriso e a presença
Daquele poema que só eu cravo
Para acalmar nossa tarde tensa
 
Mas quando há uma desavença
Com minhas lágrimas eu lavo
Aquele olhar que só eu destravo
Com o meu sorriso e a presença
 
Amor sem senhor e sem escravo
Atingindo uma calma pretensa
Mesmo com essa luta que travo
Acho a cura para minha doença
Aquele olhar que só eu destravo
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 14/10/2020
Alterado em 14/10/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Tweet
DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$21,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$25,00