Escritos do Cláudio

Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.

Textos


CONTRADIÇÃO
 
Eu inicio versejando a alegria
Mas algo rasga o meu coração
 É essa minha eterna melancolia
Maculando a minha inspiração
 
Por isso eu falo da desilusão
Com a vida no seu dia-a-dia
Eu inicio versejando a alegria
Mas algo rasga o meu coração
 
A minha dor mancha a poesia
Domando o movimento da mão
Tornando a minha rima sombria
E meu versejar uma contradição
Eu inicio versejando a alegria

 
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 02/10/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Tweet
DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$21,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$25,00