Escritos do Cláudio
Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
Venho de tristes dias em quartos sórdidos
Por onde andei eu não conheci primaveras
Invernos são terríveis sem amor e verdades
Tudo fica cristalizado no frio de uma solidão
 
Venho de meses de pandemia e das incertezas
Os postes aquecem insetos e iluminam vazios
Não posso entender os desencontros forçados
D
E
S
E
N
C
A
I
X
A
M
E
N
T
O
S
Os velhos sentimentos encontram uma escapatória
Vejo pipocar reminiscências deformando a história
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 13/07/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$ 35,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$ 10,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links