Escritos do Cláudio

Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.

Textos


MARES
 
Nos campos onde pastoreio
Há pegadas do meu anseio
E os poemas que só eu leio
 
Nas tabernas onde festejo
Há doses do meu desejo
E musas que só eu beijo
 
Nos templos onde eu oro
Ladainhas que eu decoro
Por milagres que imploro
 
Mares pelos quais velejo



CRIAÇÃO: NORMA APARECIDA  SILVEIRA MORAIS

INTERAÇÃO
Norma Aparecida Silveira Moraes
 
 
No meu barco da vida
Estou sempre envolvida
Faço viagens preferidas
 
Navego por mares abertos
Meu barco é bem coberto
Vou buscando o rumo certo
 
Vou levando o meu amor
Na tristeza e até na dor
Tirando da vida todo sabor
 
Vou navegando e me cuidando



Leia também
ROSAS, TEMPESTADES E PALMEIRAS
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 28/06/2020
Alterado em 29/06/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Tweet
O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$30,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$20,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$20,00