Escritos do Cláudio
Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
ACROSTICANDO I

Adeus é uma palavra que mata
Corta pela raiz um sonho bom
Rasga a melodia de uma sonata
Ofusca a cor vermelha do batom
Sepulta todo o desejo de ser feliz
Tramando destinos escritos a giz
Imolando em fornalhas ferventes
Corações apaixonados e frágeis
A vida de amantes tão inocentes
Naufragam em ondas tão ágeis
Destrói todo plano de um futuro
O sonho antes vivo jaz no escuro



INTERAÇÃO DE JONAS R. SANCHES

Antes do adeus há sentimento
Corrosivo, intenso e complacente
Risos entre lágrimas quase maduras
Ostentam rios dos olhares díspares
Sobre todo o sofrimento vindouro
Taciturnamente à foz da solidão
Indubitavelmente a dor do coração
Carcomido, estilhaçado e só
Antagonismo esdrúxulo que dá dó
Neste cenário poético descente
Destemido, iluminado e coerente
Onde o poeta repousa seu elã

 
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 18/11/2018
Alterado em 18/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$ 35,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$ 10,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links