Escritos do Cláudio
Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
I
caminhando
apressado
quando
cansado
tamanho
estanho
 
II
feliz
com
tanto
nariz
sendo
santo

III 
pecador
pagando
caro
pelo
escarro
inesperado
 
IV
desceu
morro
pediu
socorro
percebeu
arroubos


bela
gaiola
aberta
ninguém
deu
bola
 
 VI
olhar
febril
mesmo
sendo
ainda
abril
 
VII
vestida
com
certezas
desnudou-se
das
tristezas

 
 
 
 
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 24/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$ 35,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$ 10,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$ 20,00
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Contato Links