Escritos do Cláudio

Não importa quem sou .Importante sim, de que me sujo.

Textos

A SUA POLÍCIA
 
Entraram os três homens fardados dentro da viatura e começaram a ronda pela cidade.
Primeiro passaram perto da pastelaria só para sentir o cheiro da gordura torturando a massa. Adiante, dobraram a esquina por puro instinto urbano, o que não deixa de ser selvagem.
Pararam perto de um conhecido usuário de drogas. Sabiam que não poderiam prender o rapaz, mas só para perturbar um pouquinho. Um deles sugeriu deixar o rapaz em paz, mas o sargento da guarnição insistia em atormentar a pobre criatura. Perguntou se ele estava bem. Se ele estava limpo. Se já tinha saído daquela vida.
Seguindo a ronda, avistaram um assalto.
-Para aí. Polícia. O assalto foi desfeito com os gritos do sargento. A vítima veio até a viatura agradecer a polícia.
-Tudo bem. Da próxima vez fique mais atento e não ande por essas ruas escuras, essa é uma das ruas deles.
Aí o quase assaltado falou com voz de revolta.
-Uai, não sabia que o prefeito fez rua específica para assaltante, e não para os cidadãos.
-Nobre cidadão, nós não discutimos política. Somos a sua polícia.
Então a viatura seguiu como um glóbulo branco pelas artérias e vasos capilares de uma cidade que pulsa podridão durante a noite.
Mais algumas prostitutas no ponto e mais uma extorsãozinha do distribuidor mais adiante e o turno acaba. 

 
Cláudio Antonio Mendes
Enviado por Cláudio Antonio Mendes em 23/09/2016
Alterado em 25/09/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Tweet
O CASTELO DE ALICE Cláudio Antonio Mendes R$30,00 VERSOS INFECTANTES: (MÓ)MENTOS DE UMA PANDEMI... Cláudio Antonio Mendes R$20,00 O HOMEM & SUAS PERDAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 DECALOGIAS POÉTICAS Cláudio Antonio Mendes R$20,00 UNI VERSOS Cláudio Antonio Mendes R$20,00